Como Transformar Positivamente o Meio e Deixar um Legado

- by Leandro Correa Martins 0

Faltam heróis



por Tom Coelho*
"A escolha dos heróis diz muito
sobre a sociedade que os escolhe."

(Ricardo Bonalume Neto)


Quem é Neymar Jr.?

Para o mundo do futebol, é o maior jogador brasileiro da atualidade, com uma habilidade ímpar, capaz de fazer a diferença entre a vitória e a derrota, inclusive para a seleção canarinho.

Para a m√≠dia, √© um personagem tido como de elevado carisma, com 52 milh√Ķes de seguidores no Facebook e 19 milh√Ķes no Twitter, garantindo repercuss√£o √†s marcas que o patrocinam.

De fato, ele pode ser tudo isso, mas definitivamente n√£o √© um her√≥i tal como postulado por aqueles que buscam em algu√©m com exposi√ß√£o p√ļblica uma refer√™ncia, uma pessoa not√°vel capaz de influenciar e criar conceitos, tornando-se um aut√™ntico paradigma.

No universo dos esportes, é fácil exemplificar este ideal a partir de Ayrton Senna. Mais de vinte anos se passaram e não conseguimos eleger um representante à altura.

Um her√≥i, por defini√ß√£o, carrega consigo valores dignos de admira√ß√£o, como integridade, generosidade e altru√≠smo. Neymar √© um individualista por natureza, com comportamentos tomados pela vaidade e o benef√≠cio pr√≥prio – basta observar suas mensagens nas redes sociais, regadas por selfies e campanhas publicit√°rias.

E a √©tica n√£o √© um de seus fundamentos. N√£o me refiro apenas √† sua contestada transfer√™ncia para o Barcelona, mas √† sua postura em campo. Apenas para exemplificar, recentemente, na final da Champions League, teve um gol anulado pelo fato de a bola ter batido em sua m√£o. Durante a argumenta√ß√£o com o juiz, tentou convenc√™-lo de que a bola havia tocado em seu ombro... √Č compreens√≠vel: seu desejo de vencer o leva a acreditar que os fins justificam os meios. Compreens√≠vel, mas n√£o justific√°vel.

Esta escassez de heróis evidentemente expande-se para outros cenários. Seja no mundo corporativo, onde faltam líderes autênticos, passando pela vida pessoal, onde os pais, os mais legítimos ícones para os próprios filhos, mostram-se cada vez mais ausentes da educação dos mesmos. Falta convivência para instruir, faltam exemplos para compartilhar.

No cenário político, os heróis seriam os chamados estadistas, pessoas capazes de exercer a liderança acima de interesses pessoais e partidários. Entretanto, o que temos hoje são apenas políticos preocupados exclusivamente com o próximo pleito, seja para a reeleição, quando possível, ou para fazer seu sucessor. O estadista pensa na próxima geração; o político, na próxima eleição. O estadista edifica o futuro; o político, sua perpetuação no poder.

Precisamos de heróis. Não trajando fardas, capas e máscaras, mas sim vestindo o manto do inconformismo, com um interesse genuíno em provocar mudanças capazes de transformar positivamente o meio e deixar um legado.

Quem se habilita?

*Tom Coelho √© educador, palestrante em temas sobre gest√£o de pessoas e neg√≥cios, escritor com artigos publicados em 17 pa√≠ses e autor de oito livros. 


Blog Sua Carreira

Leandro Correa Martins. Minha Miss√£o √© Ajudar Pessoas na utiliza√ß√£o de ferramentas para uma Gest√£o inteligente, dos processos de Gest√£o de Pessoas, atrav√©s de consultoria e treinamento espec√≠fico, em processos e sistemas de gest√£o. Especialista em gest√£o de pessoas e neg√≥cios. Fundador do Blog Sua Carreira. +20 anos de experi√™ncia no mundo corporativo em empresas do segmento banc√°rio, consultoria de recursos humanos, tecnologia e sa√ļde. Inscreva-se no meu canal do Youtube.
Participe do Blog Sua Carreira no Telegram:==> TELEGRAM

0 coment√°rios:

Comente e Compartilhe com seus amigos!

...................................................................

.
.

Posts Mais Lidos da Semana

Blog Sua Carreira © 2020 - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.
© 2017 Blog Sua Carreira. WP Theme-junkie converted by BloggerTheme9
Traduzido por: Template para Blog