EMPREGADO OU PATRÃO?




Luiz Marins

Confesso que ando preocupado com correspondências que recebo de homens e mulheres, jovens e adultos que se acham fracassados na vida porque são empregados e não empresários. 

Acredito que esteja havendo, em nossa sociedade, uma noção de que se alguém é competente, inteligente, capaz, não pode ser empregado. Parece ter-se a idéia de que ser empregado é um demérito ou prova de falta de capacidade de empreender. Nada mais falso!

Ser empresário, ser patrão, abrir um negócio próprio é uma opção. E não necessariamente a opção mais correta que uma pessoa deva tomar. Um indivíduo que optou por ser empregado pode ter mais sucesso do que se tivesse optado por ser empresário. Conheço um número incrível de empresários fracassados, assim como conheço inúmeros empregados de enorme sucesso pessoal e profissional.

Muitos empregados não se dedicam como poderiam e deveriam aos seus empregos por estarem sempre pensando em ser patrões. Muitas pessoas acham-se diminuídas por trabalhar para alguém ou para uma empresa pequena ou média com a falsa idéia de estar colocando o seu talento a serviço da riqueza alheia.

Conheço empresários que sentem saudades do tempo em que eram considerados empregados competentes e tinham o reconhecimento de seus patrões e hoje questionam a decisão tomada de ter um aberto um negócio próprio.

Um funcionário competente, compromissado, que faz tudo detalhadamente bem feito e termina o que começa, tem hoje um valor imensurável no mercado de trabalho. Para ele nunca haverá desemprego por muito tempo e todo empresário sonhará em tê-lo como colaborador. 

Assim, ser empresário não é sinônimo de sucesso, bem como ser empregado não é ter título de fracassado. Cada um deve fazer a sua opção com visão de longo prazo e de acordo com seus valores pessoais e objetivos de vida. É muito mais louvável ser um bom empregado do que um mau empresário. 

E a cada dia que passa as empresas tornam-se mais dependentes de bons empregados do que bons empregados de seus maus empregadores.


Pense nisso.Sucesso! 

Compartilhado via aplicativo - Pense Nisso com Prof. Marins.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e Compartilhe com seus amigos!

.

...................................................................

.