TikTok contratando, Musk sendo Musk e greve na Starbucks


 NEGÓCIOS

(Imagem: Business Insider | Reprodução)

🌊 Indo contra a maré. Após demissões em massa no Twitter e na Meta, a equipe do TikTok em São Francisco está procurando dobrar o seu número de funcionários. Alfinetando Elon Musk, o CEO da empresa afirmou que “não precisa demitir metade da força de trabalho para atingir os níveis de eficiência que pretende” — os talentos que perderam emprego no setor de tech já sabem pra onde mandar currículo. risos.

🤯 E por falar em Elon Musk… O bilionário causou polêmica ao enviar um e-mail aos seus funcionários informando que, para continuar no Twitter, todos deveriam aceitar uma cultura de trabalho "extremamente dura". Após o ultimato, centenas de trabalhadores usaram a rede social para dizer que estavam deixando a empresa. 

☕️ Starbucks Workers United. Em sua maior ação trabalhista, ontem, cerca de 2 mil funcionários da Starbucks entraram em greve nos EUA. Querendo chamar a atenção para uma suposta repressão sindical, os trabalhadores escolheram o Red Cup Day para fazer a paralisação — um dos dias mais movimentados do ano para a empresa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e Compartilhe com seus amigos!

.
Cupom de 35% OFF na Pós-Graduação Intensiva (Código: QUERO35)